RIO DE JANEIRO
190 ANOS DO CLUBE GERMÂNIA
190 ANOS DA SOCIEDADE GERMÂNIA (RJ)
 
 
A Sociedade Germania do RJ é o clube mais antigo do Brasil em funcionamento, cuja fundação data de 20 de Agosto de 1821.
 
Sobre a aprovação dos Estatutos da Sociedade Germania por D. Pedro II, somente em 1872:
 
Lembremos que no ano seguinte a fundação da S. Germania, em 7 de setembro de 1822, declarou-se a separação do Brasil de Portugal.
Seguiram-se anos turbulentos. Tivemos a abdicação de D.Pedro I; o período de Regência e, mais tarde a Guerra do Paraguai. Findo esta, o Brasil finalmente pode desfrutar de um período de tranqüilidade, que permitiu o avanço na organização das instituições do Estado, o que talvez explique o fato de que os estatutos em foco tenham sido oficializados mais de cinqüenta anos após a data de sua fundação. A carta de D.Pedro II, que enobrece a entrada do atual restaurante da Sociedade Germania, merece ser estudada com maior atenção, uma vez que, além de marco da história do clube, constitui documento histórico de incomensurável valor, pelas importantes conclusões que permite a respeito da história do Brasil.
Na primeira frase da carta, o Imperador afirma que assina o documento após a Princesa Imperial regente, D.Isabel, ter-se declarado de acordo com parecer do Conselho de Estado. A carta, portanto, é uma prova do relevante papel que a Princesa já desempenhava no cenário nacional naquela época. De fato, sabe-se que, com a morte de seus filhos do sexo masculino, D.Pedro II decidira preparar sua filha mais velha para assumir a coroa no caso de seu desaparecimento. Por três vezes foi-lhe delegada a chefia de Estado do Império Brasileiro, quando seus pais se ausentavam do país; sendo que a primeira regência foi em 1871, quando assinou a Lei do Ventre Livre, além de dar importante impulso no Registro Civil, incluindo-se aí, a análise dos Estatutos da Sociedade Germania do RJ.
 

HISTÓRICO DAS 06 SEDES

 

A fundação da Sociedade Germania deu-se em um restaurante no centro da cidade do RJ, em 20.08.1821, à Rua dos Ourives, atual Rua Miguel Couto, n. 109, que funcionou como sede inicial.
 
Em 1841, teve a sua 2ª sede à Rua Fresca n. 130, em uma casa alugada.
 
Em 1891, já proclamada a república, transferiu-se para a Rua da Alfândega n. 77 (3ª sede).
 
Em 1920, mudou-se para a Praia do Flamengo n. 160 (4ª sede), construindo-se ao lado, nova casa, mais ampla e moderna.
 
Em 1942, período da IIa Guerra Mundial, teve a sua sede confiscada. Após a II Guerra Mundial, pleiteou-se a devolução de sua sede, momento em que após árdua e demorada luta, teve finalmente reconhecido o seu direito de ter de volta a sua sede, entretanto, logo em seguida, veio a desapropriação do terreno. Seguiu-se nova luta para receber um preço justo, que com sacrifício, foi reconhecido e liquidado, exceto no tocante a correção monetária. Atualmente, o local é um terreno baldio destinado à UNE (União Nacional dos Estudantes), para construir a sua sede.
 
Em 1953, foi fundado o Clube “Beira Mar” à Rua Real Grandeza, 243 (Botafogo), sendo posteriormente, incorporado em 1961 (5ª sede). Em 1970, temendo uma provável nova desapropiação desta sede, vendeu o terreno para a empresa “Furnas”, que ampliou a sua sede no local.
 
Em 1971, mudou-se para a Rua Antenor Rangel, 210, no bairro da Gávea, onde é o seu atual endereço (6ª sede).
 
A destacar que esta propriedade da Gávea, anteriormente, pertenceu ao português, Raul Monteiro Guimarães, que a fez construir durante cerca de quatro anos, nos idos de 1935 a 1940, para sua residência. Durante os trinta anos em que viveu no Brasil, Raul foi uma das figuras mais expressivas da colônia portuguesa, quer como grande técnico de moagem e empresário, diretor que foi, por mais de uma década do Moinho da Luz, então sob a presidência do inesquecível Zeferino de Oliveira, quer como homem de grande inteligência e refinada cultura. Durante todo o período em que viveu e trabalhou no Brasil, Raul sempre se distinguiu pela sua inteligência atilada, pela sua cultura profunda, pela fidalguia de seu trato, independente com os poderosos e simples com os humildes.
Vendeu a propriedade depois ao falecido Senador Epitácio Pessoa, cujo ilústre amigo, Getúlio Vargas, deu ali sua 1ªentrevista coletiva ao voltar do exílio em 1950, eleito Presidente do Brasil.
Depois desta fase, a atual propriedade, passou pelas mãos de um ou dois donos, até ser adquirida pela Sociedade Germania.
 
A Sociedade Germania está hoje assentada num terreno de 26.708 m2 (vinte e seis mil, setecentos e oito metros quadrados), situado em área de preservação ambiental e de reserva florestal. É a natureza bem pertinho de você. Possui um moderno parque aquático equipado com piscina aquecida; um conjunto de saunas seca e a vapor; sala de ginástica* e uma ampla área livre arborizada com churrasqueira e bar preparado para atender aos associados mais exigentes. Para os amantes dos esportes de quadra; o clube possui um ginásio polivalente e uma moderna quadra poliesportiva aberta.
 
Ainda no prédio do ginásio; o associado conta com as canchas oficiais de “kegeln” (Bolão 16), as mais modernas do estado do Rio de Janeiro. Para atender aos aficionados pelo “Kegeln”, o clube oferece um moderno bar; uma ampla área anexa aberta, ideal para reuniões de amigos, equipada com vestiários e banheiros, juntinho a árvores centenárias e animais silvestres. No prédio principal, os interessados encontram vários ambientes. São espaços aconchegantes para festas e eventos. Desde o WunderBar, para o petisco descompromissado ao Salão Nobre, ideal para reuniões com a família ou festividades mais elaboradas.
 
O Bolão na Germania
 
O 1º Bolão da Germania, 2 pistas, foi o da sede da Praia do Flamengo, no período de 1920 à 1940.
O 2º Bolão, foi o do sede da Rua Real Grandeza (Botafogo), também em 2 pistas, de 1953 à 1970.
E o atual Bolão, em 4 pistas, é o da sede da Gávea, inaugurado em 1971, recebendo rearmadores automáticos da Vollmer em 1987, sendo totalmente reconstruído em 1997, contando desde a década de 80, com pinos de plástico da Alemanha e bolas nacionais da Faísca e da Carlitos, tudo também devidamente renovado em 1997.
 
Breve Histórico do Bolão na Germania:
 
Neste ano em que comemoramos 190 anos, vamos recordar os tempos em que o Bolão era o principal esporte praticado pelos nossos associados. Desde a sede da Real Grandeza os torneios de Bolão eram concorridos e animados pelas diversas torcidas. Naquela época, era grande o número de grupos que praticavam este esporte, tendo em vista, ser o único dentro da Sociedade Germania, em Botafogo. Eram feitos campeonatos entre esses grupos, o famoso KEGELKOENIG, onde a disputa era acirrada e, de onde mais tarde, sairiam os jogadores que representariam a Germania nos campeonatos externos.
 
Com a mudança da sede para a Gávea alguns grupos continuaram a prestigiar o esporte, mantendo o torneio KEGELKOENIG e posteriormente com a criação da Federação de Bolão do Rio de Janeiro, a Germania filiou-se de imediato, passando então a competir mais com outros clubes do Estado do Rio de Janeiro. Foram várias as conquistas da Germania e de seus atletas, que muitas vezes, reuniam pais e filhos no mesmo time, que deixavam de lado seus afazeres para treinar em prol do Bolão da Germania. As disputas nestes campeonatos eram bastante acirradas, exigindo um equilíbrio emocional muito grande. De uma forma geral cada jogador arcava com os custos envolvidos, porém todos tinham o orgulho e satisfação de usar a camisa oficial da Germania, perante as outras equipes. Foram assim as disputas em Minas Gerais, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio Comprido (RJ), São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
 
Como um marco na recente história interna do Bolão, devemos destacar:
- Inauguração das canchas de Bolão na Germania em 1971. Projeto do Dr. Alberto Jancsó.
- Instalação dos rearmadores automáticos (Doação integral do Sr. Heinz Strattner).
- Reconstrução total das 4 canchas em 1997, efetuada pelo maior “expert” da América do Sul, Sr. Nelson Schirmer do Paraná (Capanema).
 
Logo após a reinauguração das canchas em 1997, ocorreram 3 “TIGB” (Torneio Interno Germania de Bolão) em 1997, 98 e 1999, nas modalidades Cheios, Carioca e Mineira, mesclando-se jogadores da Germania com outros da cidade do RJ, de Petrópolis e até de Juiz de Fora (MG) em equipes pré definidas, de forma a se conseguir o equilíbrio de forças.
 
Campeonatos de maior destaque realizados nas canchas da Germania:
 
1) Campeonato Brasileiro Adulto de Bolão - 1981, 2) Mundialito de Bolão em 2000 “Brasil 500 anos” e 3) Campeonato Brasileiro de Seleções em 2000.
 
Vários foram as disputas de torneios de clubes promovidos pela Germania, como: Troféu Germania (Figurado: Mineira), Taça Germania (Limpa 20 Bolas), Torneio Rio- São Paulo (Cheio e Limpa 16 Bolas). O Grupo interno “Champanhotas”, promovia seu tradicional Torneio Champanhotas. Ocorrem até hoje, etapas do Campeonato Estadual de Bolão (Cheio e Limpa – 40 Bolas), promovidas pela Federação de Bolão do Rio de Janeiro.
 
Troféus e Homenagens do Departamento de Bolão da Sociedade Germania (149):
 

 
No
 
Ano
T r o f é u ou H o m e n a g e m:
01
 
Wanderpokal - Germania.
02
 
Sociedade Coral Concórdia - Petrópolis.
03
 
Clube Ginástico e Desportivo do Rio de Janeiro.
04
 
Troféu Baianinha.
05
 
Torneio da Fusão Feminino CGDRJ - 3o L.
06
59
Torneio CGD - 50 Anos - Clube Beira Mar - Campeão.
07
62
Erinnerung na die Boellerköppe - Belo Horizonte.
08
62
Taça Van Mastwky - Rolland X Boellerköppe - 3o L.
09
63
Torneio Interno - Sociedade Germania - 3o L.
10
65
Troféu Pino de Madeira.
11
66
Rolland - Carlos Doebbelin.
12
68
Sociedade Coral Concórdia - 105 anos - 1863/1968.
13
68
Vice-Campeão.
14
69
4o Kegelkoenig - Sociedade Germania - Manda Brasa.
15
69
Nova Iguaçu Country Clube - Homenagem ao Manda Brasa.
16
70
Torneio de Bolão Dr. Luiz Mastrangello Netto - N.F.C.C.
17
70
Troféu Dr. Silvio Braune - Taça Dr. Luiz M. Netto - Abraços do N.F.C.C.
18
70
Homenagem do Nova Friburgo Country Clube
19
71
III Taça do Colonizador - N.F.C.C. - 3o L.
20
72
Torneio Sexangular - Sociedade Germania - 3o L..
21
72
Clube Paulista de Bolão - Torneio de Aniversário - 4o L.
22
72
Esporte Clube Pinheiros - Homenagem à Sociedade Germania.
23
72
Sociedade Esportiva Friburguense - Primeira Visita.
24
72
Sesquitaça da Sociedade Germania.
25
72
Clube Paulista de Bolão - À Sociedade Germania com Carinho e Amizade.
26
72
General Motors Esporte Clube - Homenagem à Sociedade Germania.
27
72
Boellerköppe - 1a Sesquitaça da Sociedade Germania.
28
72
Sociedade Coral Concórdia - À Sociedade Germania pelo 151o Aniversário.
29
72
151 anos - Homenagem do N.F.C.C.
30
73
V Taça do Colonizador - N.F.C.C. - 4o L.
31
73
Troféu Amizade - Clube Transatlântico -5a feira.
32
73
Ao Manda Brasa com os cumprimentos da 5a feira do Clube Transatlântico.
33
74
Torneio Início - Campeão
34
74
Torneio Início - Sociedade Germania - Vice-Campeão.
35
74
Torneio Mineira - 4o Lugar.
36
74
Torneio Paulista - Vice-Campeão.
37
74
1a Taça São Nicolau (SEF) - Campeão.
38
75
Equipe Boellerköppe de Belo Horizonte - Torneio.
39
75
CGDRJ - Parabéns à Sociedade Germania pelo incentivo à Guanabara (Fem.).
40
75
VII Taça do Colonizador - N.F.C.C. - 4o L.
41
75
Torneio Integração da Federação Fluminense de Bolão e Bocha.
42
75
Torneio Integração da Federação Fluminense de Bolão e Bocha.
43
76
FFBB - 1o Campeonato Estadual de Bolão - Grupos - Feminino - Campeão.
44
76
Campeonato Estadual Feminino - Campeão.
45
76
III Taça São Nicolau - S.E.F. - Vice-Campeão.
46
77
VII Taça Amizade - 3o L.
47
77
1o Torneio da Fusão Masculino - CGDRJ - Campeão.
48
77
VI Amizade - Participação - 8o L.
49
77
Campeonato Estadual Feminino - Campeão.
50
78
Ao Tijolada - Grupo de Bolão Colina da S.E.F.

 
 

No
Ano
T r o f é u   ou   H o m e n a g e m:
51
78
1o Torneio Champanhotas - Equipe Campeã.
52
78
Kegelkoenig - Tetra-Campeão - Champanhotas.
53
78
Sociedade Coral Concórdia - 1863/1978.
54
79
Aos Tetra-Campeões Champanhotas - Tanagasse - CGDRJ.
55
79
Taça Professor Stroelle - S.C.C. - Campeão.
56
79
II Torneio Champanhotas - Campeão.
57
79
Kegelkoenig 1979 - Champanhotas - Campeão.
58
79
Campeonato Estadual Feminino - Campeão.
59
79
Campeonato Estadual Masculino Juvenil - Vice-Campeão.
60
79
Campeonato Estadual Masculino Adulto - Vice-Campeão.
61
80
III Troféu Papamosca - Grupo dos Aranhas - CGDRJ.
62
80
IV Torneio Bierdeckel -CGDRJ.
63
80
IV Torneio Champanhotas - Campeão.
64
80
XI Taça do Colonizador - N.F.C.C. - 3o L.
65
80
Kegelkoenig 1980 - Campeão Champanhotas.
66
80
Taça Professor Stroelle -S.C.C. - 3o L.
67
80
IV Torneio da Fusão Masculino - CGDRJ - 3o L.
68
80
Campeonato Estadual Feminino - Campeão.
69
81
VII Taça São Nicolau - S.E.F. - Vice-Campeão.
70
81
Campeonato Estadual Feminino - Campeão.
71
81
Cartão-Plaqueta em Homenagem às Campeãs.
72
81
Campeonato Estadual Masculino Juvenil - Campeão.
73
81
Cartão-Plaqueta em Homenagem aos Campeões do Juvenil.
74
81
Campeonato Estadual Masculino Adulto - Vice-Campeão.
75
81
Kegelkoenig 1981 - Campeão Tijolada.
76
81
X Campeonato Brasileiro de Bolão Adulto Masculino - Campeão.
77
81
X Campeonato Brasileiro de Bolão Adulto Feminino - Vice-Campeão.
78
81
I Campeonato Brasileiro de Boliche - Campeão.
79
82
XII Taça do Colonizador - N.F.C.C - Campeão.
80
82
Taça Professor Stroelle - Vice-Campeão.
81
82
Torneio da Fusão Masculino - CGDRJ - Vice-Campeão.
82
82
VIII Taça São Nicolau - S.E.F. - Vice-Campeão.
83
82
Torneio Aniversário - Confraternização (UCSCS) - 3o L.
84
82
Campeonato Estadual Masculino Juvenil - Campeão.
85
82
V Campeonato Brasileiro de Bolão Masculino Juvenil - FBRGS - Vice-Campeão.
86
82
2a Taça São Paulo - FBP - Série Ouro - Campeão.
87
82
II Campeonato Brasileiro de Boliche - Campeão.
88
83
IX Taça Professor Stroelle - S.C.C. - 3o L.
89
83
1a Taça Cidade Imperial - S.C.C. - Vice-Campeão.
90
83
Homenagem da Prefeitura de Petrópolis - Participação na Taça Cidade Imperial.
91
83
I Torneio Estadual dos Grupos - S.C.C. - Tijolada - Vice-Campeão.
92
83
VII Torneio Bierdeckel - CGDRJ / Tanagasse - Campeão: Tijolada.
93
83
Torneio da Fusão Masculino - CGDRJ - Campeão.
94
83
I Troféu Germania (1a Edição) - Campeão.
95
84
XIII Troféu Amizade - S.E.B.P.Vila Mariana (SP) - Vice-Campeão.
96
84
X Taça Professor Stroelle - S.C.C. - Vice-Campeão.
97
84
I Troféu Germania (2a Edição) - Campeão.
98
84
Torneio da Fusão Masculino - CGDRJ - 3o L.
99
84
X Taça São Nicolau - S.E.F. - Vice-Campeão.
100
84
Taça do Colonizador - N.F.C.C. - Campeão.
101
84
Torneio Amizadinho (Juvenil - Masc.) - S.E.B.P.Vila Mariana (SP) - Vice-Campeão.
102
84
VIII Torneio Bierdeckel - Tanagasse - CGDRJ.
103
84
Torneio Aniversário - Confraternização - UCSCS - Vice-Campeão.

 

No
Ano
T r o f é u   ou   H o m e n a g e m:
104
85
XIV Troféu Amizade - S.E.B.P. Vila Mariana - Campeão.
105
85
VIII Torneio Integração Cidade de Curitiba - Clube Literário - 3o L.
106
85
XI Taça São Nicolau - S.E.F. - Vice-Campeão.
107
85
XI Taça Professor Stroele – S.C.C. - 3o L.
108
85
I Troféu Germania (3a Edição) - Vice-Campeão.
109
85
Campeonato Estadual Masculino Adulto - Campeão.
110
86
XII Taça São Nicolau – S.E.F.- Vice-Campeão.
111
86
I Troféu Germania (4a Edição) - Campeão.
112
86
Conquista do Troféu Transitório - Troféu Germania - 3a Conquista Alcançada.
113
86
I Troféu Germania (4a Edição) - Germania “B”- 3o L.
114
86
Campeonato Estadual Masculino Aspirante - Campeão.
115
86
Campeonato Estadual Masculino Adulto - Campeão.
116
86
Campeonato Brasileiro de Bolão Adulto Masculino - Vice-Campeão - Itajaí - SC.
117
87
XVI Troféu Amizade – S.E.B.P.Vila Mariana (SP) - Vice-Campeão.
118
87
XIII Taça São Nicolau - S.E.F - 3o L.
119
87
Campeonato Estadual Masculino Adulto - Campeão.
120
88
XIV Taça São Nicolau - S.E.F. - Vice-Campeão.
121
88
Campeonato Estadual Masculino Adulto - Campeão.
122
88
III Campeonato Brasileiro de Clubes – CBDT - Campeão - 1988.
123
88
I Torneio de Veteranos – Heinz Woebcken - CGDRJ.
124
89
XVIII Troféu Amizade - S.E.B.P.Vila Mariana (SP) - Vice-Campeão.
125
89
II Torneio de Veteranos – Heinz Woebcken - CGDRJ - Campeão.
126
89
Taça Taco Turismo Masculino - Germania X Mittelrhein
127
89
Taça Taco Turismo Feminino   - Germania X Mittelrhein
128
89
Troféu Mittelrhein
129
89
Torneio da Fusão Masculino - CGDRJ – Campeão.
130
89
1a Taça Germania -20 Bolas de Limpa – Campeão.
131
89
Torneio Aniversário – Confraternização (UCSCS) - Vice-Campeão.
132
91
Campeonato Estadual Masculino Adulto - Vice-Campeão.
133
92
XVI Torneio Confraternização (UCSCS) - Campeão.
134
92
Campeonato Estadual Masculino Adulto - Vice-Campeão.
135
92
II Taça Germania – Campeão.
136
92
Circuito Interestadual de Bolão (Rio-SP) - 3o L.
137
97
Homenagem do Grupo Alle Neune - Clube Transatlântico (SP)
138
98
XXIV Taça Professor Stroele – S.C.C. - 3o L.
139
99
Torneio da Fusão 99 (Masculino) – C.G.D. (Na Germania) – Campeão.
140
99
Tobrama “Günther Schenk” 99 – Sociedade Recreativa Bragança (SP) – 3o L.
141
99
III Taça Germania – Vice-Campeão.
142
99
Campeonato Estadual de Bolão 1999 – 3o L. - Masculino
143
99
Campeonato Estadual de Bolão 1999 – 3o L. - Feminino
144
2000
Club Transatlântico (SP), pela I Taça Germânia Feminina. 1 Caneca Estanho.
145
2000
Homenagem FIQ – WNBA – NBS – Mundialito Brasil 500 anos.
146
2000
Federação Catarinense de Bochas e Bolão – Camp. Brasileiro Seleções – 1 Relógio
147
2009
XX Kegelfest - Rio do Sul - Santa Catarina - Campeão
148
2009
Campeonato Estadual de Bolão 2009 – 3o L. – Masculino
149
2010
Campeonato Estadual de Bolão 2010 - 3o L. – Masculino

 
 

Jogadores da Equipe Germania:
Jogadoras da Equipe Germania
1) Alberto Jancsó
1) Dorothea Moeller
2) Bernward Klein
2) Cynthia Rammelt Varaldo
3) Herbert Rammelt
3) Solange Ramalho Immendorff
4) Doros Barbosa Boeckel
4) Mônica
5) Walter Immendorff
5) Ingrid Moeller
6) Ivan Cardoso
6) Regina Maria Gonzaga Rammelt
7) Werner Rohweder
7) Sylvia Valenta Schupp
8) Loureiro
8) Helga Klein
9) Wolfgang Moeller
9) Helga Türk
10) Fritz Ranz
10) Christa Kunze
11) Carli Zimmer
11) Fabiana Gonzaga Malta
12) João Fricke
12) Karina Brookes
13) Dietmar Schupp
13) Herta Brookes
14) Horst Schupp
14) Fernanda Sauerbronn
15) Othmar Bock
15) Beatriz Zellner
16) Peter Feddersen
16) Ingrid Flohr
17) Carlos Alberto
17) Margret Möller
18) Alfredo Thieme
18) Elizeth Ranz
20) Nilson Nóbrega
19) Edith Ritzmann
21) Taranto
20) Marisa Fabor
22) Toninho
21) Maria do Carmo Minner
23) Ruy
22) Ilse Laplan
24) Dieter Paul Möller
23) Cely Riechert
25) Márcio Roberto Schneider
24) Karin Gübitz
26) Ivan A. Cardoso
25) Carola Stinglwagner
27) Gustavo A. Cardoso
26) Hortência Weisshuhn
28) Richard Alda
27) Margarita Bartz
29) Hermann Alda Jr.
28) Martha Köck
30) Robert Alda.
29) Norma Strattner
31) João Baptista Collett Solberg (Tista).
30) Cynthia Kremer
32) Alexandre Oscar Klein
31) Beatriz Lages
33) Álvaro Eduardo Klein
32) Antonella Sauerbronn
34) Rogério
33) Rafaela Sauerbronn
35) Ralph Strattner
34) Christa Thrum
36) Erik Brattstroen
35) Dayse
37) Joachim
36) Maria Helena Cardoso
38) Robert Kroeger
37) Trudi Feddersen
39) Marcelo Bouecke
38) Fee Müller
40) Hubert Deierl
39) Tissi Steinhauser
41) Fritz Hackspacher
 
42) Robert Möller
 
43) Guilherme Bokel Catta-Preta
 
44) Paulo Bokel Catta-Preta
 
45) Paulo Guilherme D´Abreu Quintas
 
46) Walter Quintas
 
47) Walter D´Abreu Quintas (Tão).
 
48) Waldemar Lages.Filho
 
49) Willy Krauss
 
50) Klaus
 
51) Felipe Strattner
 
52) Knuth Feddersen
 
53) Thomas A. Lehmann
 
54) Michael Karsten Kunze
 
55) Richard Schupp
 
56) Bernardo Immendorff
 
57) Harald Jaeckel
 
58) Kurt Dreyer
 
59) Udo Baumgart
 
60) Cristian Mötz
 
61) Bernardo Mötz
 
62) Marcos Boeckel de Azevedo
 
63) Hermann Krug
 
64) Ernst Kunze
 
65) Juraci Passos
 
66) Hermann Badofsky
 
67) Edson Prado Lopes (Edinho)
 
68) Ludwig Zellner
 
69) Gunther Eckardt
 
70) Rolf Barents
 
71) João Kock
 
72) Dr. Feitsma
 
73) Dr. Thrum
 
74) Oswald Müller
 
75) Tiago Carneiro Leão
 
76) Gustavo Carneiro Leão
 
77) Otávio Carneiro Leão
 
78) Oliver Höck
 
79) Guido Höck
 
80) Henrique Grüne
 

 

190 anos. A Sociedade Germânia, fundada antes mesmo da independência, em 1821, por um grupo de alemães que se estabelecera no Rio de Janeiro, é o mais antigo clube da cidade e provavelmente do país.

O impulso era compreensível. Os alemães, desde o século XVIII, estavam acostumados a se reunir em associações recreativas, enquanto no Brasil das primeiras décadas do XIX ainda era comum a diversão em casa, em família. A agremiação, assim, dava conta do desejo de um grupo de estrangeiros, estabelecendo laços de identidade e oportunidades de sociabilidade.

 

 

Atual sede do Germânia. Fonte: http://www.sociedadegermania.com.br

Sua sede atual localiza-se no bairro da Gávea, numa antiga residência de Epitácio Pessoa Filho, mas foi longa sua trajetória pela cidade, expressão das diversas mudanças pelas quais passou e de distintos momentos de nossa história.

Um passeio pelas sedes do clube é possível graças ao incrível trabalho de Roberto Tumminelli no fotolog Carioca da Gema.

 

Rua dos Ourives, entre a Rua da Alfandega e Rua do Hospício. Foto de Augusto Malta

O clube foi fundado em um restaurante localizado na antiga Rua dos Ourives (atual Miguel Couto). No decorrer do século XIX, as sedes foram instaladas na Rua Fresca (1841), na Rua da Alfândega (1891), até chegar em 1920 à Praia do Flamengo.

Fiquei com a impressão de que a imagem abaixo seria da Rua da Alfândega, mas Tumminelli informa que se trata da primeira sede localizada na Praia do Flamengo.

 

Disponível em http://fotolog.terra.com.br/carioca_da_gema_2:190

O clube cada vez mais iria se afirmar como um espaço de um estrato das elites cariocas. Vejamos a beleza da segunda sede do clube na Praia do Flamengo, na época um dos lugares mais fashions da cidade.

 

Disponível em http://fotolog.terra.com.br/carioca_da_gema_2:194

Essa sede entrou para a história por ter sido invadida por estudantes, em 1942, em função dos conflitos ocasionados pela 2ª Grande Guerra. Criada há menos de 5 anos, a União Nacional dos Estudantes desencadeou uma campanha contra o fascismo e exigia que o governo confiscasse os bens de alemães. Nesse contexto, ocupou o prédio onde viveu seus grandes momentos, até ser destruído em 1964.

 

 

 

À esquerda, sede do Germânia ocupada pelos estudantes/1943. À direita, sede da Une incendiada em 1964. Disponível em http://fotolog.terra.com.br/carioca_da_gema_2:195 e http://www.rioquepassou.com.br/2005/04/01/incendio-do-predio-da-une-1964/

 

Com a perda da sede da Praia do Flamengo, depois de mais de 10 anos, o clube transfere-se, em 1953, para terrenos na Rua Real Grandeza (onde hoje se localiza o prédio de Furnas), em Botafogo, e muda de nome: Beira Mar.

 

Sede do Beira Mar. Disponível em http://fotolog.terra.com.br/carioca_da_gema_2:198

Por lá o Germânia ficou até a transferência para a atual sede. Enquanto isso, o antigo prédio da UNE foi definitivamente destruído na década de 1980, dando lugar a um estacionamento. Só recentemente o governo federal devolveu o terreno para a entidade, comprometendo-se a construir um novo prédio, ainda uma promessa.

 

 

 

AS PISTAS DE BOLÃO DA SOC. GERMÂNIA

 

 

 

Bairro do Flamengo: 1920 à 1942.  Praia do Flamengo n. 160.
 
 
Bairro de Botafogo: 1953 à 1970. Rua Real Grandeza, 243.
 

 
 
Bairro da Gávea: 1971 até hoje. Rua Antenor Rangel, 210.

ATUAIS PISTAS DA SOC. GERMÂNIA

 


 
 
 
 
 
EQUIPES DE BOLÃO DO PASADO E PRESENTE
 
 

 
 
EQUIPE DE 1974
 
 
EQUIPE DE 1976
 
 
EQUIPE DE 1984
 
 
 
EQUIPE DE 2009
 
 
ALGUMAS REPORTAGENS SOBRE O BOLÃO 16 NOS BOLETINS DA SOC. GERMÂNIA
 

 

 

 

 

ESTE BREVE HISTÓRICO DA SOCIEDADE GERMÂNIA DO RIO DE JANEIRO FOI ENVIADO PELO ATLETA E DIRETOR DE BOLÃO SR. JOÃO BAPTISTA COLLETT SOLBERG E TRANSCREVO SEU E-MAIL:

 

Prezado Reinert,
 
Conforme prometido seguem matérias e fotos sobre os 190 anos da Sociedade Germania do Rio de Janeiro. Clube mais antigo do Brasil em atividade e que sempre contou com o esporte do Bolão em suas sedes do Flamengo, Botafogo e a atual (Gávea).
 
Como são vários arquivos contendo: Textos, Fotos e Informativos, dividirei em outros emails, para não ficar comprometido o envio.
 
Gostaria nesta oportunidade, de dar os meus parabéns pelo sucesso e grande qualidade do site da ABI, o : www.bolao16.com.br
 
Também não posso de deixar de parabenizar a S.C.A. Tiradentes, pela conquista do Campeonato Brasileiro de Clubes 2011 no Masculino e pelo também honroso 3o Lugar da equipe feminina, que só perdeu para o NFCC/RJ - campeão.
 
Os seus 300 pontos na decisão contra o Morgenau, foi também um espetáculo à parte, e justamente para quem mais merecia receber um super prêmio, eis que se esforçou demais pela divulgação do evento, colocando no ar pela 1a vez um Campenato Brasileiro de Bolão, durante praticamente 1 semana no total. Fora tudo, o que vc faz pelo seu clube...
 
S-H-O-W!!! Parabéns, Reinert!
 
Do seu amigo,
 
TISTA (Rio de Janeiro).
 

 

  1 comentários


Página 1 de 23